Como ler em outros idiomas?

Para muitas pessoas está chegando o período de férias, ou ao menos um recesso de final de ano. Tempo propício para descansar e se dedicar ao lazer que tantas vezes deixamos de lado ao longo do ano.

Tem gente que aproveita esse período para ler um pouco mais e também tem gente que busca não apenas ler, mas praticar algum idioma que esteja aprendendo, arriscando-se em obras naquela língua.

Ler em outros idioma, porém, não é uma tarefa fácil. E vou te dizer uma coisa: no italiano, por exemplo, temos uma barreira extra, que é o fato de existir um tempo verbal usado majoritariamente na escrita — o passato remoto — e pouco usado no cotidiano, ou seja, também pouco estudado (principalmente em cursos que visam a comunicação).

Aliás, esse foi um dos fatores que me impulsionou a escrever este post. Isso porque uma das dicas que podemos encontrar (ou imaginar) para começar a ler em outro idioma é pegar um livro infantil. Porém, não necessariamente eles serão mais fáceis. Em italiano, dificilmente serão. Por onde começar, então?

Busque por aquilo que você gosta

Muitas pessoas aconselham a começar por um livro que você já tenha lido em sua língua materna, o que pode realmente ser uma boa forma, porque assim você já tem uma ideia da história. Mas como eu não sou uma pessoa que gosta muito de reler histórias, sugiro, então, que você busque pelas temáticas e gêneros que gosta. Não adianta você só ler romances em sua língua materna e procurar um thriller para ler no idioma estrangeiro, é preciso seguir na sua área de interesse.

Vá sem medo

Essa dica serve, na verdade, para dois pontos: não tenha medo de começar e não tenha medo de buscar algo mais fácil. Mas vamos por partes!

O passo mais difícil a ser dado é sempre o primeiro: aceitar que você é capaz de ler em outro idioma e começar a fazer isso. Pode ser um processo mais lento, um pouco mais difícil, mas você consegue, basta dar o primeiro passo.

Porém, é preciso lembrar que não é porque você se sente pronto para ler que pode já sair pegando absolutamente qualquer coisa. Não é vergonha alguma começar por histórias mais simples ou mesmo por obras facilitadas. Isso evitará a sua decepção e te motivará a sempre ir além. Aliás, esta dica também acrescenta mais um ponto ao item anterior: às vezes, a história que você gostaria de reler é muito complexa e, por mais que você a conheça, pode acabar tendo muitas dificuldades no idioma estrangeiro.

E claro: você sempre pode pedir indicações! Talvez você conheça alguém que também estude ou saiba aquele idioma e que já leu algo que possa te interessar. Perguntar não custa, não é mesmo?

Não queira entender tudo

Calma, não estou dizendo que você não precisa entender a história, mas apenas que você não precisa conhecer absolutamente todas as palavras dela. Imagine que ruim seria ficar interrompendo a leitura a todo momento para entender palavra por palavra? Ficaria tudo extremamente fragmentado e sem sentido.

Por isso, não tente traduzir tudo ao pé da letra. Leia a frase até o final e se realmente houver uma palavra chave que você não conhece, busque pelo seu significado. Se a dúvida for em uma construção, converse com alguém que saiba a língua e que possa te ajudar.

Lembrando que não é vergonha alguma pedir ajudar, seja para um dicionário, seja para um conhecido. Pelo contrário, é assim que você irá aprender e progredir cada vez mais.

Comece em um momento tranquilo

Como eu já mencionei, o primeiro passo é sempre o mais difícil. Na(s) primeira(s) página(s) você pode se assustar um pouco e pensar “eu não consigo, não entendo nada”. Sim, o primeiro contato pode ser um pouco assustador e, por isso, o ideal é começar em um momento tranquilo e em um ambiente igualmente tranquilo.

Com calma, você poderá ler e reler uma frase, se familiarizar com o ritmo do texto, com as construções. Superando as primeiras páginas, as coisas vão começar a ficar mais fáceis e você poderá encarar com mais naturalidade.

Não desista

Essa é a regra de ouro. Da vida, no caso. Mas com livros em outros idiomas também.

Veja bem, contudo: não estou falando que se você pegar um livro que não está aproveitando, deve ir até o final. Mas não desista totalmente dos seus planos, apenas procure outra obra que possa ser mais interessante.

E também não vale parar na primeira, hein? Acabou um livro em outra língua? Já planeje a próxima leitura. Tenha sempre essa possibilidade no seu horizonte.

Agora me conta aqui: você lê em outros idiomas? Quais? Que dicas daria para quem quer se arriscar também?

4 comentários em “Como ler em outros idiomas?

Se gostou, comente aqui (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s