Resumão de Abril

Resumão de abril

Abril passou voando e vocês nem perceberam? Então venha conferir o que rolou por aqui durante esse período!

Logo no primeiro dia do mês eu trouxe a resenha de Meu menino vadio (Luiz Fernando Vianna). Depois, no dia 03/04, trouxe algumas citações de Quando a neve cair (Cinthia Sampaio) e no dia 05/04 contei a vocês uma história, em Um reconhecimento ao trabalho sério. A resenha do dia 08/04 foi do livro O apocalipse dos trabalhadores (valter hugo mãe) e depois, no dia 10/04, trouxe as recomendações de livros para os desafios de abril. Para fechar a semana, dia 12/04 publiquei o Papo sério: conversando sobre autores nacionais. Na semana da páscoa eu publiquei a resenha de A matemática das relações humanas (Aimee Oliveira, Clara Savelli, Bruna Ceotto e Bruna Fontes) e trouxe dicas de livros sobre o autismo, já que estávamos no abril azul. Dia 22/04 foi a vez da resenha de O colóquio dos cachorros (Miguel de Cervantes) e dia 24/04 trouxe citações de O demônio no campanário (Michelle Pereira). Para concluir a semana (e o mês), dia 26/04 mostrei para vocês a entrevista que fiz com o M. Pattal.

Abril não foi um mês de muitas leituras (a maioria das leituras abaixo foram curtinhas), mas foi um mês de muita betagem de livro, uma experiência que estou adorando. Os livros que posso contar como lidos foram:

  • O retorno do jovem príncipe (A. G. Roemmers);
  • O pequeno príncipe (Antoine de Saint-Exupéry);
  • De repente, nós (Tici Pontes);
  • O escritor (Dalton Menezes) — conto;
  • Próxima Parada (várias autoras — Duplo Sentido Editorial);
  • Chuva de Estrelas (Michelle Pereira) — conto;
  • Alegórico ser (Dalton Menezes) — conto;
  • Incógnitas (Dalton Menezes) — livro de aforismos.

E eu ainda estou lendo:

  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org) [always and forever]

Resumão – março de 2019

Resumão - Março

Depois de fevereiro, março parece um mês infinito. Vocês repararam que tivemos 5 sextas, sábados e domingos esse mês? Com certeza os foliões amaram isso. E, por falar nisso, agora o ano começou de verdade, hein?

Por aqui, tivemos bastante conteúdo, e começamos logo no dia 02/03, com recomendação de exposição. No dia 05/03 postei a resenha de Quando a neve cair, da querida Cínthia Sampaio. No dia 07/03 foi a vez de postar sobre livros escritos por mulheres, em homenagem ao Dia das Mulheres. Dia 12/03 postei a resenha de O cão que guarda as estrelas, de Takashi Murakami. No dia 14/03 foi a vez de contar sobre a TAG dos 10 livros e no dia 16/03 eu trouxe recomendações de livros para desafios literários. A resenha do dia 19/03 foi de Ensinando a Transgredir (bell hooks) e no dia 21/03 eu trouxe Citações de Adelphos. Em 25/03 postei a resenha de O demônio no campanário, da Michelle Pereira e, por fim, dia 27/03 postei o Tatianices Recomenda [12].

As leituras do mês não foram tantas (ao menos não por lazer, porque o mestrado esteve à toda por aqui…):

  • Amar, verbo intransitivo (Mário de Andrade);
  • As fases da lua (Cínthia Sampaio);
  • O demônio no campanário (Michelle Pereira)
  • Uma raposa que caça um urso (Adrielli Almeida) – conto;
  • A odalisca em mim (Cínthia Sampaio) – conto.

E eu ainda estou lendo:

  • Antologia do Humor russo – Arlete Cavaliere (org) [esse livro é imenso e vai aparecer mil vezes por aqui];
  • O retorno do jovem príncipe – A. G. Roemmers;
  • De repente nós – Tici Pontes

Tatianices recomenda [11]

Tatianices recomenda [10] (1)

Hoje é dia de trazer para vocês mais um Tatianices recomenda com dicas para ajudar nos desafios literários. Esse mês tá mil vezes mais difícil que o último, viu! Para mais informações sobre cada um dos livros, é só clicar no nome deles.

No desafio da Geração Editorial, o livro de março tem de ser escrito por alguém de um país diferente. O que vocês consideram um país diferente? Considerei algo que vai além do fato de não ser Brasil e tentei escolher países que provavelmente lemos poucos autores:

Demian – Herman Hesse (Alemanha)

Como um romance – Daniel Pennac (Marrocos)

Já o Skoob, sugere um livro ganhador de um prêmio Pulitzer. Difícil essa, hein? Não sei se já li algum, então deixarei essa em branco…

Por fim, a Livraria Cultura sugere um livro que tenha escolhido pela capa. Gostei dessa! Certamente não posso deixar de mencionar A inexplicável lógica da minha vida e Feita de letra e música que foram livros que eu literalmente comprei pela capa, mas que me apaixonei pela história.

E vocês, o que indicariam? Principalmente para o desafio do Skoob…

 

Resumão – dezembro

Resumão - dezembro

Dezembro chegou atropelando o primeiro que estivesse na frente e já está indo embora, levando consigo mais um ano. Com a correria, tive de pegar mais leve com o blog, o que, por outro lado, me fez variar um pouco mais nos conteúdos do mês. Vamos ver o que rolou por aqui?

Comecei o mês postando, no dia 04/12, a resenha de Linha Tênue, organizado por Alfer Medeiros. Depois, no dia 06/12, aproveitando o clima natalino, deixei minha Wishlist literária, para quem quisesse me presentear (rsrs). Na semana seguinte, no dia 11/12, trouxe a música Trem-bala e no dia 13/12 o Tatianices Recomenda [6], com diversos livros de contos/crônicas. No dia 18/12 trouxe para vocês o artigo O Sagrado e o Profano da Urbanidade: Borges – Análise do Poema “Carnicería” e no dia 20/12 trouxe a resenha de A cidade do Sol, de Tommaso Campanella. Para fechar o mês, dia 26/12 trouxe a música O bêbado e o equilibrista, de João Bosco e Aldir Blanc e dia 27/12 fiz um post especial com os livros que ganhei neste natal.

Com relação às leituras, dezembro pode parecer ter sido mais produtivo, mas a realidade é que livros são bem curtos (exceto o último, que foi uma leitura que vem desde novembro…):

  • A cidade do Sol – Tommaso Campanella;
  • A memória do mar – Khaled Hosseini;
  • O paraíso são os outros – Valter Hugo Mãe;
  • Da barca do inferno para um auto sem barca – Marcia Capella;
  • A teoria de tudo – Jane Hawking.

Como este é o último post do ano — para que os último dias de 2018 sejam curtidos com pessoas queridas — desejo a todos vocês um excelente 2019. Que seja um ano de coisas boas, sabedoria e paz. E que continuemos juntos! Obrigada por tudo, caros leitores <3

Assinatura