O andar do bêbado – Leonard Mlodinow

Título: O andar do bêbado: como o acaso determina nossas vidas
Original: The Drunkard's Walk (How Randomness Rules Our Lives) 
Autor: Leonard Mlodinow 
Editora: Zahar
Páginas: 322
Ano: 2011 
Tradução: Diego Alfaro

O andar do bêbado, como definido por Stephen Hawking, é “um guia maravilhoso e acessível sobre como o aleatório afeta nossas vidas”. Ao longo de 283 páginas, Leonard Mlodinow nos apresenta de maneira clara e com exemplos palpáveis noções de probabilidade e ele faz isso para conseguir explicar como não estamos no controle do nosso futuro e como pequenos acontecimentos podem nos afetar.

O escritor esclarece ainda:

“O título O andar do bêbado vem de uma analogia que descreve o movimento aleatório, como os trajetos seguidos por moléculas ao flutuarem pelo espaço, chocando-se incessantemente com suas moléculas irmãs”

O andar do bêbado (pg. 10)

O livro está dividido em dez capítulos: o primeiro é uma introdução à obra; do segundo ao sétimo capítulo temos as noções de probabilidade e estatística, entrecortadas por exemplos e causos contados pelo autor; por fim, nos capítulos oito a dez são apresentadas as aplicações e implicações reais destes conceitos em nossas vidas.

“Neste livro examinamos muitos dos conceitos que nos ajudam a compreender os fenômenos aleatórios. Ao longo do caminho, adquirimos percepções sobre diversas situações específicas que se apresentam em nossas vidas”

O andar do bêbado (pg. 249)

Ainda que as explicações sejam acessíveis, é preciso ter interesse no assunto para realmente se deliciar com este livro. Recomendo, portanto, principalmente para aqueles que não sabem muito bem por onde começar a ler sobre probabilidade. Mas, para além dessas noções, o livro apresenta também vários fatos históricos e curiosidades do mundo.

Com certeza não é um leitura fácil ou fluída. Mas ler com calma poderá te abrir novos horizontes. Como livro, portanto, O andar do bêbado cumpre muito bem o seu papel.

Assinatura