Tatianices recomenda [25] — Skoob

Tatianices Recomenda [25]

Neste Tatianices recomenda venho falar um pouco sobre o Skoob. E esse é um daqueles posts que já deveriam ter sido escritos há tempos, mas que, ao mesmo tempo, eu não achava que fosse necessário escrever.

Para quem não sabe, o Skoob (books, de trás para frente — eu fiquei chocada quando descobri isso, ok?) é uma espécie de rede social para leitores. E foi criada por brasileiros! Eu, mesmo adorando essa plataforma, confesso que não uso nem metade dos recursos que ela disponibiliza, tudo de forma gratuita.

Mas, vamos do princípio. Para criar uma conta no Skoob, basta acessar o site https://www.skoob.com.br/. Atualmente, o aplicativo não está disponível para baixar (gratuitamente também), nem para android, nem para ios, porém ouvi dizer que é porque estão trabalhando em melhorias.

Depois de criada a sua conta, você pode buscar por amigos — para acompanhar o que eles andam lendo — e entrar em grupos. Confesso que essas são coisas que não uso muito e que seriam o lado mais “rede social” do Skoob. Quem quiser me adicionar por lá, meu perfil está aqui.

Outra funcionalidade do Skoob, porém, que é a que mais uso mesmo, é a de “organizador de leituras”. Por meio dessa plataforma você pode marcar todos os livros que já leu, os que quer ler, os que está lendo, os que abandonou, os que gostaria de ter, os que tem e os que emprestou. Você ainda pode criar uma meta de leitura para o seu ano e acompanhar quantas páginas já leu (na vida ou durante o ano), pode escrever resenhas dos livros lidos, anotar o progresso da sua leitura atual e avaliar os livros.

Esse mês eu falei bastante sobre livros encalhados ou livros que preciso ler e o Skoob me ajuda a entender muito isso, porque não são apenas os livros físicos que tenho acumulado e lidar com ebooks pode ser uma bagunça!

Também dá para participar de sorteios de livros (geralmente lançamentos) e, para isso, basta ir na parte de “cortesias” e clicar em “quero participar”. Sério, só isso mesmo! E para quem acha que é balela, já ganhei dois sorteios por lá!

Mas eu confesso que quis escrever esse post para poder falar sobre o Skoob PLUS. Apesar do nome, não se trata de uma funcionalidade paga dessa plataforma. O PLUS é apenas um upgrade gratuito que te permite ser um “trocador” de livros via Skoob.

E como funciona isso? É bem simples: você marca os livros (físicos) que tem e que está querendo se desapegar como “quero trocar”, atribuindo a cada um o valor de um ou dois créditos. Qualquer pessoa que tenha esse livro como “desejado” e que seja um skoober plus verá que seu livro está disponível para troca e poderá solicitá-lo, caso tenha a quantidade de créditos necessários. E como conseguir créditos? Trocando seus livros! Ou seja, primeiro você começa enviando livros seus, para aí poder solicitar os livros que deseja. Assim que um skoober recebe um livro seu, você ganha os créditos correspondentes e ele e está apto a realizar trocas.

Aí você, leitor deste Blog, ainda cheio de dúvidas, me questiona: “tá, e porque eu me cadastraria nesse site e trocaria livros por ele se, para isso, eu vou ter que ir até uma agência do correio, pagar pra enviar um livro para, só então, poder, talvez, pedir um livro que eu queira, e que não será novo? Não é mais fácil eu ir logo numa livraria e comprar o livro novinho? Ou talvez passar num sebo? Comprar pela Amazon?”

Bom, vamos lá: em primeiro lugar, como eu disse lá em cima, é uma forma de você passar adiante livros que não quer mais, e abrir espaço para novos livros em sua estante. Além disso, ainda que você tenha de pagar para enviar seu livro, é possível enviá-lo como registro módico pelos correios, e costuma ficar super barato (acho que o mais caro que paguei não chegou a R$15,00). Por fim, você realmente não receberá um livro 100% novo, mas as pessoas costumam ser sensatas e não colocar para troca livros caindo aos pedaços (ao menos eu nunca recebi um assim). Ano passado fiz nove trocas nesse esquema e gostei bastante!

O que me motivou a escrever tudo isso foi o fato de que, ainda que muitas pessoas usem Skoob, essa é uma plataforma que ainda poderia se expandir muito — sendo extremamente útil para leitores e escritores — e também porque acho que muitas pessoas mais poderiam usar o PLUS e se beneficiar do prazer de trocar um livro (ou vários).

Claro que existem outros sites/plataformas/aplicativos com funcionalidades semelhantes, mas trouxe aqui aquele que conheço e que adoro. Quem mais usa Skoob aqui? E semelhantes?

 

 

 

Tatianices Recomenda [23]

Tatianices Recomenda [23]

Se chegamos ao último mês do ano, chegamos, também, ao último Tatianices Recomenda dos desafios literários que eu havia selecionado para este período. Mas calma, isso não significa que essa categoria vai deixar de existir por aqui e espero poder trazer muitas coisas boas ainda!

Os temas esse mês estão bem variados e gostosos. A começar pela Geração Editorial, que nos desafia com livros que lembram a infância. Difícil é escolher!

       

Skoob nos desafiava com livros que muitas pessoas recomendaram. Também temos várias opções para essa categoria.

       

Por fim, para o desafio da Livraria Cultura, livros de poesia!

         

E vocês, o que indicariam nessas categorias? Caso queiram conhecer melhor algum desses livros, basta clicar na respectiva capa!

Tatianices recomenda [22]

tatianices recomenda [22]

O ano está acabando e, consequentemente, os desafios que tenho trazido indicações para vocês também está chegando ao fim! Mas a lista de livros que queremos ler não acaba nunca, certo?

Para novembro, a Geração Editorial nos desafiou com um livro baseado em fatos reais. Fácil, hein? Difícil é não trazer livro triste aqui…

          O que me faz pular por [Higashida, Naoki]

O Skoob, por sua vez, nos desafiou com um livro com personagens não humanos. Um pouco mais difícil esse!

     

E, para terminar, indicações de livros publicados em 2018, para o desafio da Livraria Cultura.

    A memória do mar por [Hosseini, Khaled] 

E vocês, o quem indicam nessas categorias?

Tatianices Recomenda [21]

Tatianices recoemnda

Tenho tanta coisa para indicar para vocês que esse post vai ser 3 em 1. Bora?

Primeiro, como costumo trazer todo começo de mês, indicações para os desafios literários que, uma vez mais, estão difíceis (mas não impossíveis)! Por exemplo, a Geração Editorial nos desafia com um livro de um gênero que você nunca tenha lido… Eu não sei que gênero nunca li (e se não li, como indicaria aqui?)

A Livraria Cultura, por outro lado, nos desafia com um livro que já tenha sido censurado. Bem, essa já é mais fácil (infelizmente).

   

(Clica nas capas dos livros para saber mais sobre eles)

Mas fácil mesmo (para mim) foi o desafio do Skoob: um livro de um autor italiano ou espanhol!

     

(Clica nas capas dos livros para saber mais sobre eles)

A segunda indicação que trago a vocês é a peça Malala: a menina que queria ir para a escola. Trata-se de uma montagem voltada para o público infantil que retrata bem a história contada por Malala Yousafzai em seu livro. Com um cenário relativamente simples, roupas coloridas, percussão ao vivo e músicas (algumas inclusive compostas pela Adriana Calcanhoto!), a peça consegue prender a atenção de todos — dos mais novos aos mais velhos — e nos faz rir, nos emociona e nos encanta.

Malala: a menina que queria ir para a escola está em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, até o dia 28/10. A peça é apresentada aos sábados e domingos, às 15hrs e o valor dos ingressos variam de R$45,00 a R$90,00. Para mais informações, clique aqui.

Por fim, uma indicação de evento literário (além do que já divulguei semana passada, aqui) que ocorrerá nos dias 26 e 27 de outubro, também em São Paulo, mas dessa vez no pátio do Instituto Italiano de Cultura (Av. Higienópolis, 436): trata-se da Feira do Livro Italiano! Nos dois dias o evento vai rolar das 10h às 18h e a entrada é gratuita (mas já estou preparando meus bolsos para falir por lá…). Além de livros, haverá exposição de ilustrações, encontros com escritores e poetas e oficinas voltadas para as crianças;

Ufa, quanta coisa boa, hein?

Tatianices recomenda [18]

Tatianices Recomenda [18]

Muitos veem agosto como um mês interminável, mas eu vejo meses intermináveis como uma oportunidade de ler e aprender mais e mais. E, como todo mês trago aqui indicações de leituras para os desafios propostos pela Geração Editorial, pelo Skoob e pela Livraria Cultura, dessa vez não poderia ser nem um pouco diferente. Aproveitem esses 31 dias e leiam algo novo!

A Geração Editorial nos desafiou com um livro que tenha ganhado o prêmio Pulitzer. Essa categoria já apareceu nos desafios do Skoob, em Março. No entanto, até aquele dia, eu não sabia que O sol é para todos era um livro que se encaixava nessa categoria! E esse é um daqueles livros que eu acho que todo mundo deveria ler.

Skoob, por outro lado, nos desafia com um mangá ou HQ. Esse é um tipo de leitura que não costumo fazer, mas justamente esse ano li um mangá e tem duas HQ’s que eu sempre indico:

       

E, para terminar, a Livraria Cultura nos desafia com uma biografia não autorizada. Isso sim é desafio: acho que nunca li uma biografia não autorizada, por isso, não tenho nada a indicar nesta categoria.

Para saber mais sobre cada um dos livros indicados, basta clicar na imagem!

E vocês o que indicariam?

Tatianices recomenda [17]

Tatianices Recomenda [17]

Chegou o dia de trazer para vocês dicas de leituras para desafios! Lembrando que esse ano, para indicar leituras, resolvi me basear em 3 desafios diversos. O primeiro deles é o da Geração Editorial, que esse mês desafia seus leitores com um livro que tenha ganhado o nobel de literatura.

Para essa categoria trago, inicialmente, Juncos ao vento, ainda que o prêmio não tenha sido para o livro, mas para a autora, pelo conjunto de sua obra.

Também recomendo As cabeças trocadas e Noturnos.

       

O Skoob nos desafia a ler um livro que foi considerado modinha. Difícil, não? Mas vamos de Crepúsculo, A culpa é das estrelas e… Extraordinário (???).

        

Por fim, a Livraria Cultura nos desafia com um livro de nossa infância. Adorei essa! Escolho A princesinha, Cuidado, garoto apaixonado e Tipo assim, Clarice Bean.

   

E, só para lembrar, se você quiser saber mais sobre algum desses livros, basta clicar na imagem!

Tatianices recomenda [16]

tatinices recomenda [16]

Hoje é dia de trazer minhas indicações para ajudar vocês com os desafios do mês, vamos conferir? Lembrando que só trago aqui livros que já li e que se você quiser saber mais sobre eles, basta clicar na imagem de cada um!

A Geração editorial nos desafiou a ler um romance clássico. Posso citar aqui Madame Bovary (Gustave Flaubert), A cidade e as serras (Eça de Queiroz) e Til (José de Alencar).

       

O Skoob, por outro lado, nos desafiou com um livro de mais de 500 páginas. Tive que recorrer à plataforma deles para saber alguns títulos que li com esse número de páginas… Indico, então, Orgulho e Preconceito (Jane Austen) — 576 páginas; A Herança (Cristopher Paolini) — 792 páginas; O mundo de Sofia (Jostein Gaarder) — 506 páginas.

           

Por fim, a Livraria Cultura sugeria um livro que tivesse como cenário uma cidade que quero conhecer. Difícil essa!

A Fani me deixou com vontade de conhecer L.A e eu sempre quis conhecer a Inglaterra (mais de uma cidade) então indico Fazendo Meu Filme (Paula Pimenta). E, da mesma autora, indico também Minha Vida Fora de Série, pois no último volume (até o momento), a história se passa no Canadá, que também gostaria de conhecer.

     

O que acharam das indicações? O que vocês recomendariam nessas categorias?

 

Tatianices recomenda [15]

Tatianices recomenda [15]

Vocês não acharam que eu havia me esquecido de trazer dicas para os desafios do mês, não é mesmo? Vamos conferir? E lembre-se: se quiser saber mais sobre algum dos livros, basta clicar na imagem.

A Geração Editorial caprichou esse mês: um livro de poesia escrito por uma pessoa de uma país diferente! Confesso que não tenho o hábito de ler poesia, ainda mais de escritores estrangeiros. Se bem que… Dante Alighieri vale, né? Então indico A divina comédia.

O Skoob foi um pouco mais bonzinho e nos desafiou com um livro de thriller, ainda assim, o único livro que li e que sei que se encaixa nessa categoria é A garota no trem. Mas logo logo lerei A caixa de pássaros também.

     

E, para concluir, a Livraria Cultura pediu um grande clássico da literatura. Bom, são muitos, né? Já li Ilíada Odisseia, Amor de Perdição, Orgulho e preconceito e tantos outros…

                   

Tatianices recomenda [13]

Tatianices recomenda [13]

Chegou o dia de mostrar minhas recomendações para os desafios do mês de abril. Vamos nessa? Basta clicar nas imagens para saber mais sobre os livros indicados.

Para o mês de abril a Geração Editorial propôs um livro de poesia nacional. Arrasaram nessa!

           

O Skoob também desafiou os leitores com um livro nacional. Vou indicar só três, mas aqui no blog tem milhares de outras sugestões, viu?

Quando A Neve Cair por [Sampaio, Cínthia]   Adelphos: A Revelação por [Pattal, M.]    O demônio no campanário por [Pereira, Michelle]

Por fim, a Livraria Cultura sugeriu um livro escrito por mulher. Nas indicações acima vocês já encontram algumas sugestões, mas aqui vão outras três:

     A lua de mel por [Kinsella, Sophie]     

Esses são apenas alguns dos livros que li e que se encaixam nas categorias sugeridas para esse mês. E vocês, o que indicariam?

Tatianices recomenda [11]

Tatianices recomenda [10] (1)

Hoje é dia de trazer para vocês mais um Tatianices recomenda com dicas para ajudar nos desafios literários. Esse mês tá mil vezes mais difícil que o último, viu! Para mais informações sobre cada um dos livros, é só clicar no nome deles.

No desafio da Geração Editorial, o livro de março tem de ser escrito por alguém de um país diferente. O que vocês consideram um país diferente? Considerei algo que vai além do fato de não ser Brasil e tentei escolher países que provavelmente lemos poucos autores:

Demian – Herman Hesse (Alemanha)

Como um romance – Daniel Pennac (Marrocos)

Já o Skoob, sugere um livro ganhador de um prêmio Pulitzer. Difícil essa, hein? Não sei se já li algum, então deixarei essa em branco…

Por fim, a Livraria Cultura sugere um livro que tenha escolhido pela capa. Gostei dessa! Certamente não posso deixar de mencionar A inexplicável lógica da minha vida e Feita de letra e música que foram livros que eu literalmente comprei pela capa, mas que me apaixonei pela história.

E vocês, o que indicariam? Principalmente para o desafio do Skoob…