O som do amor – Jojo Moyes

Título: O som do amor
Original: Night music
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intríseca
Páginas: 304
Ano: 2016 (1º edição)
Tradução: Adalgisa Campos da Silva

Se a capa do livro e o título nos fazem pensar que O som do amor é apenas mais um romance “água-com-açúcar” devemos nos lembrar de “não julgar um livro pela capa”. Dito isso, meu primeiro “choque” com esta obra foi a quantidade de personagens. Evidentemente, Isabel Delancey é a protagonista, porém há muitos outros personagens essenciais nesta narrativa e a quantidade de nomes pode, em um primeiro momento, nos confundir. Além disso, a narrativa é, em boa parte do livro, lenta, demorando a chegar naquele ponto da história que não queremos mais largar o livro. Mas não larguei e não me arrependo!

O som do amor apresenta diversas histórias interligadas pela Casa Espanhola, uma construção em ruínas localizada no interior da Inglaterra, no condado de Norfolk. Através dela conhecemos seu velho proprietário, o Sr. Pottisworth; seus vizinhos gananciosos Laura e Matt, pais de Anthony; a já mencionada Isabel Delancey, mãe de Kitty e Thierry e viúva de Laurent; o misterioso Byron; o velho e simpático casal Henry e Asad; o imobiliário romântico Nicholas… E muitas outras pessoas que vivem em Londres ou Norfolk.

A narrativa é em terceira pessoa e a cada instante o narrador focaliza um personagem diferente, o que nos permite conhecê-los mais a fundo. Isto é importante para a história, por retratar dificuldades humanas, dores, medos e até mesmo recomeços.

“A tristeza nunca passaria, tinham lhe dito, mas ficaria mais fácil suportar”

O som do amor (pg. 67)

De maneira bem resumida: Isabel Delancey, primeiro violino na Orquestra Sinfônica Municipal e uma mulher totalmente dedicada à música, mesmo sendo casada e tendo dois filhos, vê sua vida mudar completamente com a morte do marido, Laurent, que deixa para trás enormes dívidas. Por sorte, um velho tio de Isabel, vem a falecer também, deixando a ela, como herança, uma bela casa. A tal casa, porém, estava caindo aos pedaços e ainda era objeto de cobiça de muitas pessoas, o que causa tantas confusões ao longo do livro.

O som do amor apresenta temas que podem ser muito comuns em romances, mas faz isto de maneira interessante, trazendo em doses homeopáticas os segredos de cada personagem e deixando pontas soltas para que possam ser amarradas mais adiante. Ao longo das páginas nos deparamos com o luto, o amor, intrigas (muitas!), recomeços, amizade, inveja, traições, vitórias, derrotas, sonhos, concessões. Uma história que fala do ser humano, em suma, com todos os seus desejos, contradições e projetos. Confira aqui.

3 comentários em “O som do amor – Jojo Moyes

  1. Já quero ler! No começo da minha jornada com a Jojo, amei os livros da Louisa Clark, mas então eu li Baía da Esperança e a autora caiu um pouquinho no meu conceito. Mas achei a premissa de O Som do Amor bem interessante. Quem sabe não entra para a minha lista de favoritos da vida? Pelo que eu li da sua resenha ele tem tudo que gosto de ler!

    Beijinhos 😘

    Curtido por 1 pessoa

Se gostou, comente aqui (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s