citações #19 — Adelphos

Citações #19

Quem leu a resenha de Adelphos deve ter percebido o quanto amei esse livro. Escrito por M. Pattal e publicado em 2016 pela PenDragon, Adelphos é um livro de fantasia que consegue dosar muito bem ficção e realidade.

A resenha desse livro ficou bem grandinha e, ainda assim, muitas passagens ficaram de fora. Mas também, como abarcar tudo o que está contido em um livro que fala sobre amizade, justiça, humildade, perseverança e tantas coisas mais?

Por exemplo, logo no início do livro recebemos uma bela lição no quesito vingança:

“Decisões tomadas pela vingança geralmente são insensatas” (p.74)

Ou seja, não devemos nos guiar pelas “brilhantes ideias” que temos quando estamos tomados pela raiva. Ao contrário: devemos deixar que nossa cabeça esfrie e nossa mente clareie. Essa também é uma mensagem importante para a história que vemos em Adelphos e isso nos leva a outro trecho do livro:

“Se você estiver magoada com alguém, é necessário perdoá-la e não esperar que o tempo resolva as coisas. O tempo não resolve nada, quem resolve é você” (p.221)

Ah, sim, esqueci de avisar que Adelphos é tapa na cara atrás de tapa na cara!

Mas, falando em tempo…

“— Você pode possuir muito pouco ou quase nada em relação aos bens materiais, mas sempre terá o mesmo tempo que qualquer pessoa no mundo” (p.220)

Bom, a passagem acima pode ser problemática se a levarmos para o lado da meritocracia, mas não a vejo assim. A questão é que não é apenas com bem materiais que trilhamos nosso caminho. Precisamos de tempo e experiência para crescermos e isso, todos temos igualmente, mas nem todos o usam com sabedoria (alô, procrastinação). E ainda nessa linha, falando sobre tempo, outra passagem excelente:

“Ficarmos presos ao passado nos impede de viver o presente e de construir o nosso futuro” (p.337)

Somos quem somos por tudo o que vivemos, mas não podemos deixar que as coisas ruins do nosso passado afetem nossas escolhas presentes e nos impeçam de crescer. Está certo que o ser humana consegue ser bem cruel, por vezes…

“Com as pessoas é diferente. Basta uma falha com alguém para que nos descartem. E não apena isso, se não correspondemos às expectativas de alguns, já não servimos para nada, somos desprezados” (p.98)

É por isso que o mundo precisa de mais empatia e de mais humildade. A humildade, aliás, vem muito bem definida em Adelphos:

“Ser humilde é colocar o outro em primeiro lugar. Por isso condenamos o ato de diminuir as pessoas, para nós todas têm a sua importância e um propósito neste mundo” (p.149)

E a gente nunca sabe pelo que o outro está passando não é mesmo? Por falar nisso, eu comentei que Adelphos abarca muitos assuntos, certo? Pois então, na história também há muitos sentimentos. Por isso, termino esse post (que já está ficando imenso) com uma passagem belíssima, para que possamos sempre nos lembrar do poder das lágrimas:

“— As lágrimas não são nossas inimigas. Elas nos ajudam a externar nossas emoções e evitar que implodamos por dentro” (p.318)

Quer ler Adelphos? Compre aqui.

 

 

Um comentário em “citações #19 — Adelphos

Se gostou, comente aqui (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s