Antes que a morte morra — Victor Marques

Título: Antes que a morte morra
Autor: Victor Marques
Editora: Publicação independente
Páginas: 26
Ano: 2020

Imagine viver em uma cidade onde ninguém morre, porque uma corajosa senhora matara a morte? Parece muito estranho esse meu pedido? Mas é exatamente a um cenário desses que somos introduzidos em Antes que a morte morra.

Claro, porém, que nada é tão simples quanto parece, não é mesmo? E é assim que acabamos ficando tão encucados quanto o protagonista desta história, Vicente, tataraneto desta heroica senhora, Dona Laura, que enfrentara e exterminara a morte de Santa Temis, uma cidadezinha amazônica.

“Queria ter força e coragem para fugir de casa e subir num barco, remar até a próxima cidade e matar a morte, como a tataravó fez. E então seguiria para a próxima, e mais uma, até que não tivesse mais dor em nenhum canto do país”

Acho que só pelo que eu apresentei no parágrafo e no trecho acima já dá para ter uma ideia da imaginação do autor, não?

E não para por aí não! Acho que, lendo, é muito difícil não se sentir ao lado de Vicente, uma criança curiosa, tentando entender como é possível matar a morte (até porque, se nada morre, como a morte morreu?), principalmente porque seu professor dissera que isso era tudo invenção. Como seria invenção se há décadas não são registradas mortes naquela cidadezinha? Como explicar isso?

“No fim, o maior horror da humanidade continua sendo o ser humano, raça inescrupulosa, que acha que pode brincar de Deus e enganar jovens almas como a do ingênuo rapaz. Ninguém merece isso”

O conto é narrado em terceira pessoa, o que poderia não nos deixar tão próximos de Vicente (bom, ao menos alguns leitores pensam assim), mas, como eu disse, os questionamentos dele e a trama são construídos de uma forma que é difícil não querer continuar e, ao lado do pequeno, desvendar todo esse mistério.

O final, não posso negar, me deixou de queixo caído. Um desfecho que aponta para uma crítica social, ao mesmo tempo que torna toda a narrativa ainda mais palpável. E para coroar a leitura, fiquei me perguntando se a escolha do nome da cidade foi mero acaso ou caso pensado…

Se você quer conhecer o desenrolar de Antes que a morte morra, clique aqui e visite a misteriosa cidade de Santa Temis.

Se gostou, comente aqui (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s